Multem-se se quizerem!

Na Visão desta semana, um leitor (não tenho aqui a revista) insurge-se contra os erros de português, afirmando que as regras da gramática são para se cumprir, "como as regras do trânsito". E que devia haver multas para as primeiras, como há para as segundas. (Será que um "E" no início de frase é contra-ordenação grave ou muito grave?)

Isto não soa a ridículo a muita gente porque proteger a língua fica sempre bem. Nem que seja à cacetada.

Gosto de escrever e gosto de escrever bem. Delicio-me com um texto bem escrito e subo pelas paredes com erros de português. Mas se insistem em confundir erros de português com falhas morais, vou comessar a excrever acim. À grande!

Comentários

Rui Luís Lima disse…
olá

se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

paula e rui lima